Meio Ambiente

Semma atende mais de 40 de denúncias de poluição sonora

A maioria concentrou-se em residências do núcleo Nova Marabá

11/12/2019 08h45
Por: Pietro Lima
Fonte: Ascom PMM
71

No período de 06 a 08 de dezembro, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA) atendeu 44 denúncias de poluição sonora por toda Marabá, resultando na autuação de dois bares, devido à ausência de licenciamento ambiental.

Quanto às denúncias de poluição sonora propriamente ditas, a maioria concentrou-se em residências do núcleo Nova Marabá, que por estar a sonorização em área fechada, dificulta o nível de poluição sonora.

Segundo Paulo Chaves, coordenador de Fiscalização da SEMMA, quando o decibelímetro acusa sonorização acima do permitido para o horário, o proprietário do imóvel é notificado a comparecer à secretaria para responder a processo administrativo. Na última quarta-feira (4), a SEMMA esteve em operação conjunta com a Delegacia de Conflitos Agrários de Marabá – DECA –, apurando crime ambiental de chacreamento, com suspeita de irregularidade ambiental, na Praia Alta, Gleba Geladinho, Km 05 Bairro São Félix.

Na ocasião foram emitidas duas notificações para autuações por crime ambiental (desmatamento e queimada), além da apreensão de três motosserras pela SEMMA. A DECA, por sua vez, prendeu uma pessoa por porte ilegal de duas armas de fogo e outras duas pessoas por crime ambiental (desmatamento e queimada).

Naquele setor, há ainda a suspeita de comercialização de madeira, além do corte de eucalipto para alimentar fornos. Foram identificados três lotes desmatados. A área seguirá monitorada.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.